Meia arrastão volta com tudo

arrastao-1
A meia arrastão volta a ser um destaque do street style

Quem ainda tem dúvidas de que os anos 1980 são a próxima obsessão da moda, vai pensar duas vezes com essa nova tendência. A meia arrastão que foi um marco na década e que também apareceu com frequência nos anos 1990, tem aparecido nos looks de street style e das famosas no Instagram.

Estas meias são vazadas: a trama do tecido deixa a pele bastante exposta e cria um padrão na pele. Com vazados mais largos ou mais justos, é possível brincar com os diferentes tipos na hora de montar o look. As tramas menores têm sido muito usadas com sapatos e tênis, principalmente as versões no tornozelo, combinadas na moda de rua com escarpins.

arrastao-3
Na moda de rua, com sapatos oxford, e no look de Kendall  Jenner, com tenis Vans

O destaque dessa meia é que, claro, ela precisa ficar à mostra de alguma maneira. As fashionistas, então, têm combinado a peça com calças cropped, vestidos mídi, saías mais curtas ou ainda vestidos-camiseta. Ela acaba virando um detalhe despojado para a produção.

arrastao-2
No street style

Algumas blogueiras e it-girls também têm usado o item de uma outra forma, colocando a meia bastante alta na cintura e o cós da calça um pouco mais baixo. Para o detalhe funcionar, vale o mesmo truque das meias curtas: blusas cropped ou tops que deixem o detalhe à vista.

arrastao-4
Nos looks de Hailee Steinfeld e da modelo Shanina Shaik

Fonte:http://revistamarieclaire.globo.com/

Tendências de moda praia 2017

Assim como as tendências de moda, cabelo e esmalte, as tendências de moda praia para o verão 2017 estão incríveis. O must have da estação são os biquínis com a parte de cima tipo top – os de frente-única, estilo cropped, prometem bombar – e estampas em tons terrosos.

praia-1

INFLUÊNCIA ESPORTIVA

praia-3Os Com o apelo cada vez mais forte dos esportes e da vida fitness, nada mais lógico do que a moda praia acompanhar o movimento. Looks pensados em performance para praticar esportes sem preocupação são uma boa aposta: tops usados com parte de cima do biquíni são favoritos. Os de frente-única, estilo cropped, maiores do que um biquíni normal, são os eleitos para 2016.

ASA DELTA

Hit dos anos 80, o corte asa delta será um sucesso no verão 2017. Em biquínis e maiôs, a cava alta promete roubar a cena e acabar com o reinado das hot pants.

PEÇAS ARTESANAIS

Sucesso em 2016, o biquíni de crochê segue em alta no verão 2017. Mas não é apenas ele que promete bombar nas areias brasileiras nos dias ensolarados: toda peça feita à mão, ou com um toque artesanal, fará sucesso – cordas, franjas, bordados e argolas também entram na lista.

ESTAMPAS ALEGRES

praia-2Em relação às estampas, além das peças florais, que são tendência certa durante os dias de sol, listras, natureza e universo urbano prometem invadir os biquínis e maiôs do verão 2017.

TONS TERROSOS

Maiôs e biquínis em tons terrosos serão hit no verão 2017. Caramelo, bronze e nudes trazem sofisticação às peles bronzeadas, além de dar um up no look praia.

QUIMONO

Depois de dominar o street style, os quimonos prometem fazer sucesso nas praias brasileiras. A peça serviu de inspiração para que estilistas como Adriana Degreas e Lenny Niemeyer criassem roupas de banho com referências orientais.

SAÍDA DE PRAIA LONGA

saida

Leveza e transparência são as palavras de ordem para as saídas de praia longas, que ainda prometem estilo e elegância ao verão 2017.

Fonte:http://www.guiadasemana.com.br/

Semijoias de zircônia

A zircônia é um tipo de gema que se parece com uma pedra de diamante, mas que é produzida em laboratório, fazendo com que este tipo de material possa ter diversos formatos e cores, ideal para ser utilizada na fabricação de diversos tipos de semijóias, como brincos, anéis e colares.

É uma boa peça para ser utilizada em ocasiões especiais, estas semijoias agregam um toque a mais para aquele vestido de festa ou qualquer look que exija sofisticação e modernidade.

Como este tipo de pedra artificial é bem semelhante ao diamante, o valor de uma semijoia feita de zircônio é maior, além de ser um tipo de adorno que deva ser usado em eventos de grande glamour, com a possibilidade de ser confundida com uma jóia de verdade.

Abaixo temos alguns modelos de semijoias em zircônia do Clube925

Visite nossa loja e encontre vários modelos em zircônia: http://www.clube925.com.br

Verão:6 tipos de acessórios para evitar na estação

dedo-verde-com-uso-de-joia
Dedo com marca esverdeada após uso indevido

Com o termômetro atingindo níveis elevadíssimos, está todo mundo correndo para se refrescar no mar, o que pode não ser uma boa ideia se você é daquelas fãs de jóias e bijuterias. Alguns tipos de metais não combinam nada, nada com as altas temperaturas e com a água salgada, que é corrosiva. Além disso, alguns metais ao ficarem molhados   podem deixar marcas na pele.

Convocamos a designer de joias Karen Kriegel para falar um pouco sobre os acessórios que você deve deixar no armário neste verão, poupando, assim, sua saúde e seu bolso:

Metais à base de cobre
O contato do metal à base de cobre com a água salgada acelera a oxidação da joia, principalmente quando metais baratos são usados. “Uma vez que um anel ou bracelete de cobre estiver em processo de oxidação e entrar em contato com água salgada, ou mesmo com o suor excessivo, a pele da pessoa pode ficar esverdeada. E neste verão, a última coisa que alguém quer é ficar com manchas verdes ou da cor do Hulk”, alerta.

Pedras coladas
Antes de ir à praia, verifique se as pedras – incrustadas ou pérolas – em suas joias estão bem fixadas. Estes componentes, por serem pequenos, acabam se desgastando com o contato da areia, água do mar e o calor extremo. “O risco de que as pedras se desgrudem é cinco vezes maior do que se estivessem sendo usadas em um dia comum de trabalho”, explica.

Joias soltas
Em algumas praias de Cancun, Miami e Austrália já existem avisos para que os banhistas evitem nadar com joias soltas sob o risco de perda imediata. Aqui no Brasil, embora seja comum em clubes aquáticos, muitos banhistas acabam se esquecendo deste detalhe. De acordo com Karen, a explicação para evitar o uso de anéis, como uma aliança, por exemplo, é simples: “A água fria encolhe os dedos e, com o anel maior do que a espessura original do dedo, o objeto pode ir parar no fundo do mar”.

Couro
O contato com a água, ou mesmo o suor do corpo, poderá danificar o objeto em questão de minutos. Caso aconteça, deixe-o secar naturalmente à sombra. “Caso não se tome esse cuidado, o material irá expandir enquanto molhado e contrair enquanto seca ao sol, formando rachaduras”, conta Karen.

Pedras Preciosas
Se você quiser usar joias na praia, certifique-se de visitar o seu joalheiro antes. “Joias devem ser apertadas regularmente para evitar que as pedras preciosas se percam nestes locais”.

Maxicolar
Pense muito bem antes de ir à praia com o maxicolar. “Eles são lindos, mas podem deixar uma marca de bronzeado desagradável durante toda a sua viagem. Além do sol, o cloro e o suor podem deixar você marcada, além de estragar a peça”, diz a especialista.

Fonte:http://revistaglamour.globo.com/

4 tipos de bolsa que toda mulher deve ter

bolsa-1

Mulher nenhuma sai de casa sem uma bolsa – é o mínimo para levar aquilo que você sempre precisa, como celular, carteira, chaves e um batom, por exemplo. Por isso, toda mulher tem também um arsenal de bolsas em casa, mas saiba que você, não necessariamente, precisa de mais de 4 modelos para estar em dia com o seu guarda-roupa.

Se você não acredita, conversamos com a consultora de imagem e comportamento Rachel Jordan para saber, exatamente, quais modelos nunca podem faltar no closet feminino:

1- Bolsa para o dia dia: deve ser prática e funcional

bolsa-2

É um modelo de tamanho médio, de forma que atenda às suas necessidades no dia a dia. “É fundamental escolher o modelo que esteja de acordo com o seu estilo pessoal e atividade diária. O tamanho deve ser avaliado de acordo com a necessidade de cada uma, grande, média ou pequena, e com a quantidade de volume colocado dentro. Atualmente bolsas que possuem bolsos internos são mais procuradas por serem mais fáceis para organização”, diz ela.

2-Bolsa grande: serve para passeios como um dia  no parque ou na praia

bolsa-3

 

Pense em um modelo que você use para ir à praia ou talvez para um dia no parque. É aquele modelo mais despojado e que não tem tanto cara de trabalho, e serve tanto para passeios como para uma viagem curta.

3-Bolsa pequena de ombro/carteiro:ótima para eventos noturnos

bolsa-4

Um modelo fácil de levar, já que também pode ir cruzada no corpo, e que serve para shows, baladas e bares com os amigos. “Este tipo de modelo é mais fácil para combinação com looks noturnos”, explica Rachel.

4-Clutch/carteira de mão:essencial para eventos mais elegantes

bolsa-5

Ideal para aqueles eventos que são formais, como casamentos e festas de formatura, por exemplo. Escolher um modelo de cor neutra é um bom investimento porque combina com tudo e você tem mais chances de usar, sem deixar o acessório estacionado no armário.

Combinando a bolsa com o look

Saber qual modelo melhor combina com a sua produção depende de muitos fatores, como a ocasião, a cor, o modelo… Porém, ainda assim, ela é praticamente essencial para qualquer produção: “Ela entra como uma informação de moda e transmite a mensagem do estilo de quem usa”, explica a consultora.

De acordo com a profissional, a preocupação não deve ser apenas em criar um conjunto harmonioso na combinação de roupas e bolsa, mas também levar em consideração questões físicas de quem usa. “Mulheres baixinhas usando bolsa grande, por exemplo, não transmite harmonia visual, fica desproporcional”.

Quem sente que não tem um estilo tão definido assim podem sempre lembrar também de uma regra básica: optar por uma bolsa neutra quando estiver com um look muito colorido, e escolher uma peça chamativa se estiver com uma produção neutra. E sempre lembrar de prestar atenção nos seus outros acessórios. Se você estiver com um colar pesado e bastante marcante, talvez seja interessante optar por uma bolsa mais discreta e neutra.

Fonte:http://revistamarieclaire.globo.com/